Sinvastatina – Emagrece? Quais os benefícios e efeitos colaterais?

O medicamento Sinvastatina é muito indicado para quem tem diabetes, colesterol alto e altos riscos de doenças coronarianas. Ele é capaz de diminuir o colesterol ruim, ou seja, diminuir o LDL, e aumentar o colesterol bom, o HDL.

O medicamento deve ser usado por pacientes com alto risco de sofrer com possíveis doenças cardíacas e deve ser utilizado em conjunto com uma dieta saudável. Para saber mais sobre a Sinvastatina leia o texto e conheça suas indicações, para que serve, contraindicações, reações adversas, efeitos colaterais e como o medicamento atua no organismo.

Normalmente os altos riscos de colesterol no sangue se devem à má alimentação do paciente, que está associado ao consumo elevado de alimentos com gorduras saturadas, que são aqueles sólidos quando exposto ao ar, como a manteiga, o sedentarismo (falta de prática de

Quando Sinvastatina deve ser usada?

Ela é especialmente indicada para pacientes com riscos de doenças como:

  • Pacientes com problemas cardiovasculares;
  • Pacientes com LDL elevado, ou seja, com níveis altos de colesterol ruim;
  • Para aumentar o HLD, ou seja, o colesterol bom, em pacientes com hipercolesterolemia primária, hipercolesterolemia hereditária heterezigótica ou hiperpelidemia combinada;
  • Aqueles com altos níveis de triglicerídeos;
  • Pacientes com riscos de AVC;
  • Pacientes com riscos de doença coronarianas;
  • O medicamento reduz os riscos de internação por angina.

remédio sinvastatina

Como o medicamento funciona?

A Sinvastatina pode trazer a longevidade, diminuindo os riscos de infarto do miocárdio, ou seja, ataques cardíacos e derrames. O uso do medicamento também reduz o risco de cirurgia para aumentar a circulação nos membros inferiores e órgãos como o coração. Por último, o medicamento serve para diminuir a necessidade de internação para pacientes com angina, ou seja, dor no coração.

O medicamento atua diminuindo o colesterol no sangue, que quando encontrado em altas quantidades pode estreitar os vasos sanguíneos. O entupimento ou endurecimento das artérias é denominado arterosclerose. A Sinvastatina pode evitar a progressão do problema.

O medicamento também atua diminuindo os triglicerídeos, outra forma de gordura no sangue e aumenta o colesterol bom. Ao tomar o medicamento, ele reduz os níveis de gordura produzidos pelo corpo e o paciente deve controlar os níveis consumidos através da alimentação.

Sinvastratina diminui a produção de colesterol feita pelo fígado, um dos maiores produtores de colesterol do corpo, e aumenta a remoção do colesterol feita pelo mesmo órgão. Por isso é tão notável a diferença dos níveis antes e depois de usar o medicamento, mas de qualquer maneira a alimentação deve ser controlada.

Quando não usar Sinvastatina?

efeitos colaterais sinvastatina

A Sinvastatina tem algumas contra-indicações, veja a seguir quando o uso do medicamento deve ser evitado:

  • Pacientes com hipersensibilidade à ingredientes da fórmula;
  • Aqueles que possuem doenças hepáticas;
  • Mulheres grávidas ou no período de lactação;
  • Pessoas com distúrbios musculares;
  • Em conjunto com bloqueador dos canais do cálcio, antifúngicos azólicos, antibióticos macrolídeos, eritromicina e claritrimocina ou com nezafodona – um antidepressivo.

Como Usar

A posologia do medicamento varia de 5mg e pode chegar até 80 mg. Geralmente é tomada em dose única no período da noite. Ajustes na posologia devem ser feito através de intervalos de pelo menos 4 semanas.

São encontrados comprimidos revestidos de 10 mg, 20 mg, 40 mg e 80 mg.

Informações importantes

Evite consumir suco de toranja (grapefruit), pois pode provocar interação com o medicamento. O paciente também deve evitar o consumo de álcool, para não favorecer que os possíveis problemas no fígado aparçam.

Efeitos Colaterais

efeitos colaterais sinvastatina

Efeitos colaterais comuns envolvem dor, sensibilidade e/ou fraqueza muscular. O paciente pode se sentir cansado constantemente, ter perda de apetite e dor na parte superior do abdomen. O medicamento pode também causar problemas no fígado, urina escura e pele amarelada.

Efeitos colaterais raros, ou seja, ocorrem em menos de 0,1% dos pacientes envolvem: anemia, cefaleia, parestesia, tontura, neuropatia periférica, constipação, dor abdominal, flatulência, diarréia, dispepsia, náusea, vômito, pancreatite, alopecia, prurido, erupção cutânea, miopatia, cãibras musculares, hepatite e outros.

Emagrece mesmo?

A Sinvastatina não é voltada ao emagrecimento, mas sim evitar problemas graves à saúde. A perda do apetite é um possível efeito colateral, mas nem sempre comer menos significa comer melhor, o que pode não contribuir em nada para o emagrecimento. Os pacientes que fazem o uso do medicamento podem apresentar perda de peso devido à dieta equilibrada que deve ser aliada ao tratamento.

Para o emagrecimento, sugerimos que o paciente procure suplementos naturais, medicamentos com fim de reduzir medidas, a reeducação alimentar e a prática de exercícios físicos.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply